E ai, vai ficar parado…

O mundo está mudando. Agora, o que você está fazendo para mudar. Então, para ter sucesso neste MU-VUCA é preciso sair da mesmice já, e isso é uma decisão. Como diz Antony Robbins, o treinamento não acaba nunca e é nos momentos de decisão que seu destino muda, então escolha ser diferente a cada dia e desenvolva-se constantemente.

Você provavelmente ja ouviu falar do termo VUCA, se não ouviu vou fazer um breve comentário sobre este termo. É um termo criado pelos americanos para explicar o mundo de hoje, VUCA (em inglês) ou VICA (em português), para explicar a velocidade acelerada e o destino quase incerto que o mercado esta proporcionando aos “viventes” deste século.

VUCA – volatilidade (volatility), incerteza (uncertainty), complexidade (complexity) e  ambiguidade (ambiguity) – o termo foi criado pelo exercíto americano no final dos anos 90 para tratar das ferramentas e metódos necessários para fazer frente a um ambiente agressivo e desafiador.

Este termo começou a ser utilizado no mundo dos negocios mais recentemente, a partir de 2010 tendo o mesmo princípio militar que não difere muito do mundo econômico/empresarial que também é agressivo, desafiador, competitivo e veloz ou seja, um mundo caórdico que estamos vivendo.

O termo VUCA traduz a velocidade em que as mudanças e seus devidos efeitos atualmente estão fazendo em todas as relações da economia, tanto social, relacional como empresarial. Então, os profissionais de qualquer area devem entender  esta nova ordem, mas principalmente os profissionais gestores de gente os RHs devem estar atentos as novas possibilidades em um ambiente de incertezas e volatilidade que deverão reinventar as novas demandas da gestão para preparar e manter seus principais talentos, devem se reinventar para compreender como sobreviver no dia a dia e enfrentar os diversos desafios e riscos inerentes a pessoas.

Porém o que temos observado é que o gestor do RH ainda não percebeu – estou falando da grande maioria dos RHs, e claro que temos gestores que ja compreenderam a nova ordem. Infelizmente o chamado RH estratégico que muito se fala definitivamente não pegou para a grande maioria dos profissionais, eles ainda permanecem com o foco na execução, foco no operacional, sim tem que ser bem feito e com esmero e qualidade. Sim, a legislação apesar de algumas mudanças ainda toma a energia e tempo dos RHs. Mas isso não invalidade e não impede que o RH também pense e foque no que a empresa enquanto um organismo vivo precisa desenvolver para enfrentar este MU-VUCA – mundo VUCA.

A grande verdade é que o RH deve também buscar o seu desenvolvimento, apesar da empresa ele tem que cuidar de sua trabalhabilidade e não so sua empregabilidade.

Neste processo de mudança há 2 linhas: ou você é vítima ou agente dela: ou você lidera ou será liderado. Qual será sua escolha?

Até a próxim reflexão.

Geraldo Melo

Coach e Mentor de Líderes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *